[SIN] KILLER: Maio 2014

sexta-feira, maio 30, 2014

20 [MUST-SEE] bandas tocando no 20 Aniversário da Vans Warped Tour

20 MUST-SEE BANDS PLAYING THE 20TH ANNIVERSARY OF VANS WARPED TOUR

Of Mice & Men


1 / 20
No momento  uma das bandas mais populares do metalcore, Of Mice & Men são, sem dúvida, um grande motivo que muitos fãs vão participar da Warped Tour deste ano. Eles provavelmente vão  ser uma das últimas  bandas que vão tocar  no palco principal e eles vão ter uma das multidões mais insanas (e mosh pits) também. Com o lançamento desse ano, estoring Forceearlier  o álbum estreou em 4 º lugar no Billboard Charts- o quinteto Califórnia estão provando que eles são uma força a ser reconhecida no gênero num futuro previsível.





Veja o resto (19) da lista no link - http://www.fuse.tv/2014/05/warped-tour-2014-bands-must-see#1

terça-feira, maio 27, 2014

Entrevista - Heaven's Force - Dave Gryder, vocalista explica a real história da banda.


Heaven's Force foi uma banda de metal cristão de Fort Worth, Texas, com um curto período de 1983 a 1984. A banda era formada por Kelly Berger no baixo, Christopher Richie na guitarra e Dave Gryder na voz principal e na bateria.
Kelly Berger, Actuality

Durante o curto tempo de vida, não registrou nenhum álbum profissional, apenas duas Demos. Em 1983 lançou "AggresiveAngel" que continha quatro temas:

Aggresive Angel
Slaughter the beast
Hell Lover
Don'tTell me 


E, em 1984, o "Heaven'sForce", soltou uma demo,  contendo as seguintes músicas : 


In League With Priest
DeliverUsfromEvil
Heaven’s Force
Second Coming
Depois de promover essas demos a banda desapareceu sem deixar vestígios. Heaven'sForce é considerada a primeira banda de thrash metal cristão pelo site de metal (www.metal-ARCHIVIES.COM), também pelo pessoal do selo Open Grave Records, e o zine de Christian Metal " White Throne o" Isso porque suas demos são mais antigas do que as de outras bandas do thrash metal cristão, como Deliverance, Vengeance Rising, Tempest um Believer.

Atrevo-me a dizer que esta é a primeira entrevista que alguém tenha feito a um ex membro da banda, ao longo de mais de 30 anos. Para mim é uma honra estar conseguido entrevistar Dave Gryder, que era o vocalista e baterista da banda.


1. A primeira coisa que eu gostaria de saber é o seguinte, Como e onde a banda foi formada?

Sabemos que a banda foi formada por Kelly Berger no baixo, Christopher Richie na guitarra e você era o baterista e vocalista do grupo. Como vocês se conheceram? e como decidiram formar uma banda de metal cristão?

Dave: No final de '82 ou início de 83, não me lembro exatamente, eu estava em uma banda chamada Mistress com Kelly. Após Mistress terminar, Kelly e eu decidimos formar uma nova banda. Kelly tinha conhecido Chris há muito tempo e ainda chegou ir para a escola com ele, então ele perguntou Chris se ele estava interessado. Felizmente ele estava, então nós começamos a tocar imediatamente. Inicialmente, não era pra ser uma banda cristã, nós só queríamos tocar heavy metal.

2. Quais eram as influências musicais?


Dave: No começo era só hard rock. Tínhamos todos crescidos ouvindo bandas pesadas dos anos 70 e início dos anos '80 's. Tudo a partir de Grand Funk, Deep Purple e AC / DC para Judas Priest, Iron Maiden e Saxon.

Quando "Kill 'em All'" do Metallica saiu em 83, eu fiquei encantado. Era muito mais rápido e mais pesado do que qualquer coisa que eu tinha ouvido antes. Isso me influenciou muito e eu realmente queria tocar metal nessa direção. Thrash era como um novo subgênero do metal e eu senti que era o futuro do metal. Então, quando "Show No Mercy" foi lançado e o completamente destruidor "Kill 'Em All", foi quando eu realmente sabia que era o caminho a percorrer.


Mesmo eu amando "Show No Mercy" musicalmente, eu odiava as letras. Eu sempre achei as letras satânicas do Slayer (e de outras bandas) extremamente juvenil e patéticas. Esses caras estavam escrevendo sobre o quão grande Satã era e como eles queriam segui-lo. Eu pensei, "se eles alguma vez se sequer vissem o diabo em pessoa, teriam molhado suas calças e corrido para suas casas chorando para suas mamães e papais".

Além disso, um grande atributo da cena thrash metal era uma mentalidade muito anti poser. A causa de tantas bandas de metal se fantasiarem e usarem maquiagem e "posar" para parecer de um certo jeito, falso e dissimulado. Então, todos esses caras, escreviam letras satânicas, e rebaixava os os outros por serem posers, quando eles próprios eram posers. Eles realmente não adoram o diabo, eles só queriam agir como ele, para fazer a sua banda e a música parecem pesadíssima e mais intensa. Eles não eram melhores do que as bandas que estavam acusando de posers. Hipócritas!

É por isso que liricamente, eu queria contrariar todas as letras satânicas ,idiotas e hipócritas de bandas como Slayer, Possessed, Mercyful Fate etc ....

Então, eu escrevi sobre o que eu acredito que seja verdadeiro e eterno. Chris, Kelly e eu, todos se sentia assim. Você pode ser uma banda de heavy speed/thrash metal sem escrever sobre temas juvenis, capenga em que você realmente não acreditam

3. De onde que é o nome da banda? Tinham pensado em outro nome antes?

Dave: Eu vim com o nome, mas eu sinceramente não me lembro de onde eu consegui. Eu queria um nome que dissesse que éramos heavy metal, mas não satânico. Esse simplesmente pareceu se encaixar.


4. Fale-nos sobre as suas apresentações ao vivo. Como você descreveria os "shows" da banda? Há algo de especial que você se lembra?
Dave: Eu não sei se houve nada de especial, a não ser os tipos de shows que temos. Nós éramos jovens e muito ansiosos por apenas sair e tocar em qualquer show que aparecesse no nosso caminho.

Lembro-me de um show no início, nós tocávamos em um parque de patinação ao ar livre. Foi interessante e constrangedor. Lá estávamos nós, tocando a distância, enquanto hordas de crianças apenas patinavam ao nosso redor, completamente alheio ao que estávamos fazendo.

5. Em algum momento, tocaram ao lado de outras bandas cristãs?

Dave: Não que eu saiba, foi só as bandas locais da época. Lembro-me de abrir para Pantera algumas vezes.


6. Em 1983 lançaram a demo " Aggresive Angel ", com quatro músicas, eu gostaria de saber quem escreveu as músicas?
Dave: Eu escrevi " Aggressive Angel " Eu co escrevi "Slaughter the Beast" com Chris. Chris escreveu: " Don't Tell Me" and "Hell Lover " que era músicas de uma banda que Chris e Kelly estavam antes de eu conhecê-los.



7. Em 1984 produziram mais uma demo " Heaven's Force" ", com quatro músicas, quem escreveu essas músicas?
Dave: Eu escrevi "In League With The Priest" e " Heaven's Force " "Deliver Us From Evil" foi escrito por todos os membros e Chris escreveu "Second Coming"

8. Que aconteceu depois de gravar essas demos? Por que não gravar um álbum completo? Em que ano e porque abandonaram o projeto, o que foi que os levaram a tomarem esta decisão? 


Dave: Mais uma vez, nós éramos muito jovens e realmente não pensávamos muito sobre o futuro da banda ou que tipo de sucesso teria. Nós só queríamos tocar música e que foi muito bom não limitar isso.

Lembro-me de enviar a demo para uma par de rótulos, mas eu não recebi qualquer resposta. Nós só gravamos demos curtas por causa da nossa despesa , obviamente, não tínhamos recursos financeiros de uma gravadora.

9. Tinham o apoio de outras pessoas, amigos ou familiares?

Dave: Não financeiramente. Claro, tínhamos amigos que iam aos shows e outras coisas, mas isso é tudo o que me lembro.

10. O "Heavens Force" estava fazendo realmente um som novo na música metal em seu tempo, o Thrash Metal começou naqueles anos com bandas como Slayer, Metallica, Anthrax e Overkill, só para mencionar alguns. De onde veio a idéia de tocar esse estilo de música? O som de "Heavens Force" pode ser comparado aos primórdios do Slayer De alguma forma eu acho, que "Heavens Force" também seria uma das primeiras bandas de Thrash Metal do mundo, mesmo não sendo uma banda bem conhecida, e que não gravou qualquer disco, o que você acha sobre isso?


Dave:. Mais uma vez, isso tem a ver com, escutando LP’s como "Kill 'em All e" Show No Mercy ", eu queria tocar thrash metal comparáveis ​​aos do LP, mas sem as letras retardadas.


11. Apesar de muito poucas pessoas sabem que existe uma banda chamada " Heavens Force ", você seria os pioneiros do Thrash metal cristão, porque suas demos são mais antigas do que as de bandas como "Deliverance", "Vengeance Rising", "Tempeste" e "Believer", o que você acha sobre isso?


Dave: Eu acho interessante, mas você nunca sabe o que sai por ai.
Quero dizer, havia tantas bandas na época e que poderia facilmente ter demos, que fosse mais antiga que as nossas. Pouca gente sabia quem éramos, até recentemente, por isso é difícil dizer quem foi o primeiro. Eu seria cauteloso em dizer que fomos os primeiros.


12. Li na Enciclopédia de metal que Christopher Richie morreu em 2008, é verdade que foi um suicídio?
Dave: Infelizmente, é verdade. Honestamente, eu não conheço nenhum dos detalhes. Por esse tempo, Chris e eu não tínhamos falado em muitos anos. Um dia, recebi uma mensagem de sua esposa, me dizendo que ele tirou a própria vida. Eu fiquei completamente chocado!

Em 2000, nos reunimos para um almoço e ele estava em muito bom humor. Nada de dar qualquer evidência de que algo estava errado em sua vida. Você nunca sabe ...

13. À medida que você se lembre de Christopher Richie, há algo especial que você quer dizer sobre ele?
Dave: Na minha opinião, Chris era um daqueles caras que, se você não pode se dar bem com ele, você não pode se dar bem com ninguém. Ele era um cara tão legal e tão pé no chão. Além disso, ele era um excelente guitarrista e um grande cantor também. Tenho certeza de que muita gente sente falta dele, inclusive eu.

14.O que você pode dizer sobre Kelly Berger durante o tempo que estiveram juntos?
Dave: Também um cara muito legal e muito fácil de se conviver.

15. Em julho de 2009, o selo "Open Grave Records" lançou um CD com demos do "Heavens Force". Como eles descobriram as músicas do "Heavens Force"? porque você acha que eles decidiram lançar o álbum, e em uma edição limitada, eu sei que apenas 500 cópias foram liberadas?
Dave: Honestamente, eu não tenho idéia. Eu não tive nenhum papel no lançamento, somente fornecer as fitas.

16. Algumas pessoas disseram que o álbum do ano de 2009 divulgado pelo "Open grave Records", não tem uma biografia, não há fotos dentro do álbum, são apenas as letras das canções, e o tamanho das letras são muito pequeno, o que pode nos dizer sobre isso? 


Dave: Essa questão ainda está envolta de mistério, mas a principal razão é que, eu nunca tive nenhuma foto da banda e eu estou bastante certo de que Kelly também não. A única pessoa que poderia ter tido fotos foi Chris, mas depois de seu suicídio, eu não queria incomodar sua viúva com um pedido tão trivial. Ela teve sérios problemas para lidar com.

17. O álbum de 2009 contém todas as demos da banda, com exceção da música "Dont Tell Me", de 1983, Por que essa música não está incluída no álbum? 


Dave: Eu conheço um monte de pessoas que não vão gostar disso, mas eu omiti a música, simplesmente porque eu não gostava. Eu nunca senti que representava o que a banda estava em causa. " Don't Tell Me " é mais uma canção de amor, AOR, comercial e do meu ponto de vista, nós éramos uma banda de rock / heavy metal. Na época, eu tolerada a música porque banda é uma democracia, então eu não tinha escolha.

Desculpe, mas eu tenho que ser honesto.

18. O Que aconteceu depois do fim da banda "Heavens Force" em 1984?, Eu sei que você já teve outros projetos musicais e também Kelly Berger, o que aconteceu em seguida, com Christopher Richie?


Dave: Na verdade, eu nunca tive qualquer envolvimento com Kelly, depois do Heavens Force. Nós simplesmente nos separamos.
Em 85, eu ajudei a formar outra banda de thrash, Rotting Corpse. Entre '86 e '90 que lançou 3 demos. Temos um contrato de gravação do Cemetery records na França, mas o negócio caiu completamente.

19. Em algum momento se encontraram novamente, ou pelo menos pensou em uma reunião? 


Dave: Não, Heaven's Force não poderia existir sem o Chris.

20. O Que significa " Heaven's Force " para você? O que mais você gostaria de ter feito nessa banda? 


Dave: Heaven's Force foi a minha primeira banda "real" e sempre vou ter boas lembranças.

Uma delas, é de um dos nossos primeiros shows. Como de costume, nós estávamos tocando em um clube que não atendia metal em tudo, do qual, nossa resposta foi a menos receptiva. As pessoas estavam nos tratando como leprosos.

Pouco tempo depois de invadir nossa segunda música, "Hit the Lights" do Metallica. (Nós costumávamos tocar um monte de covers) Lembro-me de olhar para baixo da plataforma de bateria e havia um casal realmente dançando. Sim, dançando ao som de "Hit the Lights"! Uma canção thrash metal com um coro de 15/8 sem menos!

Após as outras pessoas no clube ver isso, todos começaram a verificar-nos de fora e esse acabou por ser um bom show. Insano! A única coisa é que eu teria gostado de ter lançado um LP completo, mas ele simplesmente não era para ser.

21. Há algo que você gostaria de compartilhar com a gente para terminar esta entrevista? 


Dave: Obrigado e todos que apoiaram a banda ao longo dos anos. É incrível que ainda há interesse no Heaven's Force depois de todos esses anos! Rock On!

Muito obrigado por ter conseguido um tempo para esta entrevista, é uma honra para nós, Deus te abençoe!


Dave Gryder

De nada, Thanks!

segunda-feira, maio 26, 2014

Helloween : Mario Pastore e German Pascual participa do tributo.


Os fontman Germán Pascual  e Mario Pastore  estão participando do tributo ao Helloween, elaborado pela fanpage brasileira da banda  Helloween 


Cada banda ou músico interpretará uma faixa da coletânea de covers. O vindouro álbum será disponibilizado para download gratuito.

Entre os confirmados,  além dos mencionados acima, estão Bruno Sutter (Massacration, Soundtrackers, Detonator), Mario Pastore (Pastore, Soulspell, Acid Storm, Sacred Sinner), Mario Linhares (Dark Avenger), a banda Age Of Artemis do vocalista Alirio Netto e a banda Vandroya.

O nome do álbum será escolhido pelos fãs que curtirem  a página da Helloween Brasil no facebook, em uma enquete que será aberta posteriormente.


Em breve mais informações.

Fontes: Helloween: mais um nome anunciado em coletânea digital brasileira http://whiplash.net/materias/news_815/203831-helloween.html#ixzz32r5vnUup


https://www.facebook.com/GermanP.fanpagebrasil

domingo, maio 25, 2014

Peta2 - Entrevista - MyChildren MyBride, baterista fala sobre sua ligação com os direitos dos animais.



by Megan Rondeau
http://www.peta2.com/blog/band-spotlight-mathis-arnell-of-mychildren-mybride/

Banda Destaque : Mathis Arnell do MyChildren mybride

Com três releases via Solid State Records que lançou sua carreira, o MyChildren mybride tem-se crescido como o líder dos grupos de metal recém-emergente. Levando em conta seus pensamentos sobre um estilo de vida vegan e direitos dos animais, no cenário musical metal, recentemente nos emprestou o baterista Mathis Arnell para discutir como fazer parte dos direitos dos animais de sua vida cotidiana.

Se apresente - Quanto tempo você toca com o MyChildren mybride, e como isso aconteceu?
Meu nome é Mathis Arnell. Eu tenho 22 anos, de Genebra, Suíça, e eu toco bateria no MyChildren mybride (MCMB).

Eu comecei a tocar no MCMB cerca de dois anos atrás , eu acho. Não é a história mais emocionante , mas eu estava morando na Suíça e tinha acabado de terminar meus estudos . Eu tinha estado tocando em bandas durante anos, mas queria entrar na cena musical americana , uma vez que não havia uma para achar na Europa , especialmente em um país tão pequeno como a Suíça. Realmente foi um acaso . Entrei em contato com a Crimson Management e começamos a falar de uma posição de bateria aberta. Nós fomos lá e cá por um tempo , até que me colocaram em contato com Robert da banda. Começamos a conversar, e dada a distância, eu não poderia praticar exatamente com os caras , então eu me filmava tocando seu set. As coisas começaram a rolar a partir de lá, e eu acabei voando para os EUA para iniciar a turnê com eles, e foi realmente um sonho desde então. Eu tive que sacrificar muito a vida que vivo agora. Mas não só comecei a viajar pelo mundo, eu comecei fazer o que eu mais gosto : tocar música. O que mais eu poderia pedir?

Qual foi o seu primeiro contato com o peta2?
É difícil lembrar exatamente, mas eu sempre fui familiarizado com o PETA, embora essas organizações não seja tão comumente ouvida na Europa. Mas eu sempre achei que havia mais espaço para a juventude ajudar o pessoal dos direitos animais. O MCMB trabalhou com o peta2 um pouco ao longo dos anos, mas não foi muito, até que eu comecei a tocar em todos os grandes festivais nos EUA que eu via estandes do peta2 e equipes em todos os lugares. Eu amei a presença em todos os lugares que eles tinham e rapidamente tornou-se familiar com as campanhas que estavam promovendo. Fiquei realmente impressionado.

Depois de se tornar ciente das questões sobre os direitos dos animais, qual foi a primeira mudança que você fez na sua vida todos os dias para ajudar os animais?
Minha primeira mudança , como você provavelmente pode adivinhar, estava cortando a carne da minha dieta. Ao discutir o vegetarianismo ou dietas veganas com as pessoas, eu não posso te dizer quantas vezes eu ouvi : "Eu nunca vou parar de comer carne – eu como todos dias " do qual muitas pessoas estão condicionadas em uma maneira de fazer , e assim eu era . Mas eu posso explicar como é fácil mudar , é quando você tem as razões certas para fazer. Eu fui literalmente de um dia de comer carne para o dia seguinte nunca tocar em carne de novo e nem sequer pensar duas vezes sobre isso. Eu tinha talvez 15 ou 16 anos na época e estava simplesmente mal informado ou melhor, sem instrução sobre como a carne é feita. É mais fácil do que você pensa prosseguir a vida, sem que ninguém traga esses tópicos e provocando a sua mente realmente pensar sobre isso. Afinal, ninguém quer ouvir ou ver os horrores que acontecem por trás da indústria da carne , certo? Mas eu estava exposto a isso , um dia, e realmente abriu meus olhos. Fiz questão intensamente de saber se o que eu estava fazendo era certo ou errado , o que tornou uma transição tão instantânea em deixar de fora a carne e boicotar todos os tipos de produtos e estabelecimentos alimentares . É por isso que eu acredito que seguir vegetariano ou vegan é uma mudança tão mínima para o seu estilo de vida pelo fato de como é fácil uma vez que você tem as razões certas.

Quais são algumas de suas refeições que leva em turnê? É difícil encontrar comida vegana na estrada ou é mais legal chegar e descobrir novos lugares?

É definitivamente difícil ser vegan em turnê e , por vezes, até mesmo vegetariano , dependendo de onde no mundo você está , ou até mesmo ser saudável em turnê. A vida é tão rápido na estrada que você mal tem tempo para fazer nada , e muito menos ir à procura em torno de restaurantes vegan . E quando o dia termina às 2 da manhã , as opções de alimentos são bastante limitadas . No entanto, quando em turnê por lugares como Nova York , Califórnia, ou Portland , Oregon, você realmente tem alguns lugares vegan incríveis para você escolher. Você só precisa procurá-lo um com pouco de antecedência e se planejar para isso. Por mais besta que possa parecer para uma refeição, para um vegan ou vegetariano saudável a refeição faz toda a diferença em turnê, acredite ou não . É engraçado, mas eu não posso te dizer quantas vezes eu já tive no posto de gasolina comida para o jantar em turnê porque não havia opções sem carne onde acabamos . E se houvesse , é triste dizer, mas um posto de gasolina foi a melhor escolha.

Às vezes, porém, nós fazemos um esforço para parar em lugares como a Whole Foods. Eu não necessariamente tenho levado as refeições em turnê, no entanto, porque não há muita consistência onde comemos. Mas eu tenho que dizer que dependemos fortemente de burritos. Geralmente você pode encontrá-los em todos os lugares, e eles são facilmente feitos em forma vegan. Mas eu também colo em qualquer oportunidade para conseguir , tofu, lentilha, ou refeições à base de quinoa.

Que conselho você daria a alguém que está interessado em se tornar mais ativo em ajudar os animais?
Há tantas maneiras de ajudar os animais, mas a primeira coisa que eu sempre digo é se informe . É tão vital , tão importante para informar -se sobre os direitos dos animais , de modo que você pode ensinar os outros sobre o assunto. Porque uma vez que você se envolveu, isso se tornará , sem dúvida, um tópico de discussão com os outros. Você precisa ser capaz de informar de forma inteligente a alguém sobre o que a indústria de carne no dia moderno é , de uma maneira que irá estimular o seu pensamento e ser instigante para que possam questionar seus hábitos e estilos de vida do dia- a-dia de comer e fazer escolhas em conformidade.

Porque a pessoa média está simplesmente pra cima e condicionada a viver de uma determinada maneira , sem nunca questionar por que viver dessa maneira , é natural que em certo sentido. Mas eu acredito que é tão importante entender por que , por que você come carne , por que você compra aqui ou ali, por que você contribui para certas coisas. E se você nunca se perguntou por que , nesse caso, faça uma tentativa. Isso pode facilmente restabelecer a sua moral ou como você vê os animais. E se isso não acontecer, pelo menos , seja claro do por que você vive do jeito que você acha. A razão pela qual eu sou tão grande em aprender e ensinar aos outros é porque provavelmente seja a melhor maneira para se tornar ativo em ajudar os animais , não só por contribuir para as organizações dos direitos dos animais ou qualquer coisa, mas porque isso leva a muito mais. Isso abre os olhos para tudo o que é desconhecido para o público , tudo o que você nunca foram ensinados e tudo o que estava escondido para que você nunca questionasse isso. E a partir daí , você vai encontrar a verdade , o que vai levá-lo a agir, ou deixar a carne para trás , assinando petições, sendo vegan , ensinando os outros , trabalhando com organizações sem fins lucrativos , ou qualquer outra coisa que você pensa em ajudar . Há tanta coisa que você pode fazer , basta tornar-se consciente . Tudo começa com uma idéia. Neste caso , eu acredito que a idéia é que pode ser mudada . E isso começa com você e as pessoas ao seu redor.


https://www.facebook.com/mychildrenmybride

sexta-feira, maio 23, 2014

badchristian.com : Mark Salomon - christian music nunca mais.

Lamento informar, que eu não traduzi a entrevista - áudio, não domino o inglês nessa forma ainda. Espero que seja possível num futuro próximo. Abaixo, apenas uma apresentação básica que o site https://www.facebook.com/bandsonfire fez.



Confira esta nova entrevista em podcast com o vocalista Mark Salomon do The Crucified / Stavesacre / Outer Circle / Neon Horse (começa aos 41:24). Link direto e mais detalhes abaixo:

Bad Christian.com: Durante muitos anos,  Mark Salomon trouxe uma voz única para o cenário musical, do qual  foi procurado por muitas bandas para ser o vocal. O Mais importante ainda, a música que ele ajudou a criar ao longo dos anos e o genuíno amor / seu compromisso e integridade mantidos na música afetará artistas para os próximos anos. Eu sei que os caras do Emery são alguns deles. Abaixo, você encontrará músicas de suas três bandas The Crucified / Stavesacre / Outer Circle ), bem como três de suas aparições em álbuns de outros artistas: http://bit.ly/QrtO7N

Mark Salomon foi um pioneiro e  lenda na cena  / Indie, Punk  e Christian Rock Ele começou a excursionar nos anos 90 com  20 anos  e se pegou  oprimido por tudo que veio da indústria de música cristã. Ele finalmente saiu de cena inteiramente e pretende nunca mais voltar. Neste episódio do podcast BadChristian.com, ele explica por que a indústria da música cristã fede, fala sobre suas lutas atuais, o negócio 'música', sua vida atual e como ele passa o tempo, ouvindo muito sobre os  músicos do passado, dos velhos e bons dias  da música . Espero que gostem deste,  tanto quanto nós gostamos de gravá-lo: http://badchristian.com/podcasts/

Mark escreveu um livro, continua tocando música, e atualmente é um barman. Siga Mark no twitter (@ thetwilightsown) para manter-se  up com seus novos projetos.

Também nesse podcast; Ryan Bell é um ex-pastor que renunciou de sua posição em sua igreja depois de discordar com a igreja sobre a forma como ele tratou os homossexuais e mulheres. Depois de procurar por Deus por um tempo, ele decidiu que iria tentar o caminho inverso e passar um ano sem Deus. Você pode pensar que é a posição única, mas eu acho que um monte de cristãos sem querer faz isso  o tempo todo. De qualquer forma, ele é um convidado muito simpático e articulado e adoramos tê-lo no show.

http://badchristian.com/podcasts/


ViA ||| https://www.facebook.com/bandsonfire?ref=ts&fref=ts

quinta-feira, maio 22, 2014

Behope: Morrissey cede diretos autorais de música para trilha sonora de vídeo em prol do veganismo


Em um vídeo lançado nesta segunda-feira (19) pela ONG norte-americana PETA, é retratada a saga de um pintinho da indústria dos frangos criados para a produção de carne. Separado da mãe, o filhotinho passa os três minutos do vídeo sonhando com o dia me que encontrará sua família de novo.


Conhecido por ser muito exigente na hora de ceder direitos de suas músicas para propagandas ou filmes, mesmo quando há muito dinheiro envolvido, Morrissey fez questão de emprestar a música sem cobrar um centavo. E mais: o animação será exibida nos telões em sua atual turnê no momento em que a música “I Know It’s Gonna Happen Someday” (Eu sei que vai acontecer algum dia) for executada.


Curiosamente, embora esteja sempre envolvido com a promoção do veganismo, o cantor não é vegano. Pelas poucas notícias confiáveis a respeito, Morrissey é ovolactovegetariano há décadas, mas não deu o passo que o novo vídeo da PETA propõe. Tomara que aconteça algum dia.


A letra da música em questão diz: “Você diz que o dia nunca chega e que nunca pareceu tão distante. Mas eu sei que vai acontecer algum dia para você. Por favor espere. Espere, não perca a fé.” Os versos caem como uma luva na vida do personagem do vídeo e sua busca e também na vida pessoal de Morrissey em relação ao veganismo.


A animação, desenvolvida pela artista Anna Saunders, tem o objetivo de partir o coração do espectador para chamar a atenção para o veganismo. E consegue.



Via - http://vista-se.com.br/morrissey-cede-diretos-autorais-de-musica-para-trilha-sonora-de-video-em-prol-do-veganismo/

AS I LAY DYING : O ex guitarrista Nick Hipa responde "acusações caluniosas" de Tim Lambesis


Depois que Tim Lambesis foi condenado a seis anos de prisão na sexta-feira, o AltPress publicou uma entrevista  deslumbrante,  leitura obrigatória com Lambesis onde, na minha opinião, o cara jogou todo mundo da  banda e sua ex-mulher sob o ônibus, passando a culpa para todo mundo, além dele.

Durante a longa entrevista, ele mencionou seus colegas de banda por cortar a comunicação e não estar lá por ele. Ele também pediu para deixar as  questões caluniosas religiosos e outras. Foi duro e tenho certeza que seus ex-membros de banda não  ficaram lá muito satisfeito.

O  ex membro da banda, Nick Hipa, uma das duas pessoas Lambesis identificados como o que entrou  em contato com ele, ainda que brevemente, falou hoje cedo através de sua página no Facebook para dar o seu lado da história numa nota eloquente e comovente.

Sexta-feira passada eu estava sentado em um tribunal para apoiar um amigo. Durante a maior parte de uma década nossas vidas profissionais e pessoais foram formadas em um relacionamento semelhante a uma família. Como uma  família, a intenção da minha participação foi a reconhecer publicamente o cuidado profundo e compaixão que tenho por essa pessoa.

Vi quando ela procurou forças para observar  o  transgressor dela  pela primeira vez em mais de um ano desde quando desvendou o  seu plano de tê-la assassinada. Eu ouvi ela descrever o amor que chegou a possuir   por este homem a quem ela adorava, confiava, e dependia dele como seu marido. Acompanhei  todo o tempo ela detalhando  seu abandono por ela   e de seus filhos; uma traição ele fracassou,  mas optou pela  culpa  num sentido perdido da moralidade. Esta desculpa tornou-se ainda mais desculpada por uma defesa que o abuso de drogas tinha nublado seu julgamento.

Ela tentou reconstruir a vida com  os três filhos pequenos separada de um homem que os tinham como descartável. A força e a resiliência destas crianças, a quem ela salvou de abandono, pobreza e certamente morte prematura ---- estavam sendo ainda mais desafiados por este desenrolar interno. Seu desejo era dar-lhes amor e estabilidade, sua resposta foi de tê-la executada.

Observei sua defesa reconhecer o crime, mas defendeu ele  mais uma vez com o argumento de que os esteroides criaram uma instabilidade mental. Acompanhei como a promotoria lembrou ao tribunal de uma série intrinsecamente calculada de ações que ocorrem ao longo de várias semanas. Um esquema que envolvia o uso de seus filhos para garantir códigos  do portão  que seria para  o assassino, e os seus planos para a sua futura exploração como álibi; um trama indicativo de premeditação cuidadosa sobre mente vazia momentânea.

Eu vi como o juiz destacando  quantos homens usam esteroides, mas não tramam assassinar mulheres inocentes, e para alguém  avançar para tal ação revela algo torcido dentro de seu caráter. Ele continuou a apontar que o desejo de envolver as crianças em tais assuntos é profundamente perturbador e repreensível também.

Os relatos que eu interpretei dentro desse tribunal eram detalhes de pessoas e um passado que eu tinha conhecido e observado em primeira mão. Todos e tudo foi como se eu soubesse... 

Eu compartilho isso em resposta a uma entrevista entre Tim Lambesis e Ryan J. Downey que foi publicada pelo site AltPress.com  momentos após esta mulher e sua família receberam o seu encerramento. Por trás da fachada de um homem penitente com perspectiva renovada, restaurou a fé, e remorso aparente é uma agenda bastante terrível para prejudicar ainda mais as vidas e reputações de seus não-partidários. É a defesa de comportamento nivelou todos  aspectos de uma mulher inocente e crianças traumatizadas que já perseveraram através da dor real da vida de órfão.


Não há contrição em seu jargão pseudo-filosófico, e a avaliação verbalizada de seu relacionamento comigo e com antigos companheiros de banda é calúnia absoluta.  Eu tinha falado com ele diretamente, longamente de como 100% do meu coração, amor e lealdade estava sendo dirigido em apoio a suas vítimas. Aquelas vítimas foram pessoas que eu tinha aberto o meu coração como família por muitos anos e pra quem  eu oro para  encontrar a cura de seu terrível abuso. Em completo desrespeito pela verdade como eu tenho certeza que ele entende isso, ele optou por fabricar os motivos que nos descrevem, ,  abandonamos ele por uma decisão de negócios insensível.


A intenção de sua difamação é criar um ar de simpatia e apoio sob a falsa pretensão de um futuro contando tudo. Infelizmente, isso tem funcionado até certo ponto, como muitos estranhos trabalham nisso para projetar ódio contra aqueles de nós que escolheu  defender os assuntos  inocentes de seus crimes. 

É lamentável que ele utilizou esta plataforma como um meio para justificar sua conduta. A promotoria do caso, marcou ( perfil) dele como um narcisista sociopata em clara necessidade de reabilitação. Para aqueles de nós que verdadeiramente conhecem o homem por quem ele é, é vergonhoso que, apesar de tudo, ele ainda é como ele sempre foi e assim como eles dizem. 

Para Jordan, Phil, Josh, e eu, nós vamos continuar seguindo em frente ciente de que nos agimos  honrosamente,  amorosamente e com lealdade pelas  pessoas que realmente merecem.

Eu dou meus parabéns ao Nick por esta texto maravilhosamente escrito e, mais uma vez minhas simpatias vão para ele, seus colegas de banda, Meggan Lambesis e todos afetados por más decisões de um sociopata. 

Fonte : http://www.metalinjection.net/latest-news/tim-lambesis-trial/former-as-i-lay-dying-guitarist-nick-hipa-responds-to-tim-lambesis-slanderous-accusations

BEHEMOTH chutados da Rússia



BY ROBERT PASBANI --- 
http://www.metalinjection.net/latest-news/drama/behemoth-have-been-kicked-out-of-russia


Ontem, Nergal do Behemoth usou a página do Facebook da banda para enviar mensagem dizendo que eles foram detidos pelas autoridades russas por  questões de visto.

Em uma nova entrevista, Nergal explicou o mal-entendido:

"Nós recebemos os vistos no consulado russo em Varsóvia. Quando perguntamos como preencher a papelada, foi-nos dito que era necessário  obter um visto de negócios. Fizemos tudo como tinha que ser. Agora descobrimos que era preciso também,  algum tipo de visto "humanitário", e não um de negócio "

O restante da turnê, " "Russian Satanist"" foi cancelada e, depois de passar uma noite na cadeia, eles foram   obrigados a deixarem  a Rússia dentro de um tempo razoável.  Quando perguntado sobre como as condições na prisão eram, Nergal disse: 

"Era um quarto muito pequeno e as paredes estavam sujas de fezes. À noite, pedimos para ir ao  banheiro, mas nosso pedido foi negado por algum motivo. Então tivemos que usar garrafas de plástico no lugar." 

Então, basicamente, foi como passear em uma van. Além disso, a banda foi multado em 2.000 rublos, o que é cerca de US $ 60. A banda espera um dia voltar para a Rússia para uma visita adequada. 


Mais coisas sobre isso em http://www.metalinjection.net/latest-news/drama/behemoth-have-been-kicked-out-of-russia

Korn : Brian ' Head' Welch fala sobre encontro com o Tim Lambesis, na cadeia.

Via https://www.facebook.com/kornbrasil


Brian ' Head' Welch, guitarrista do Korn e frontman da Love and Death, escreve uma coluna
popular chamada ‘HeAd’s KoRner’ para a Loudwire .

Em seu mais recente post , Head fala sobre como foi visitar Tim Lambesis, vocalista do As I Lay Dying, que foi condenado a seis anos de prisão sob a acusação de contratar um assassino de aluguel. Ele também fala sobre uma situação semelhante que ele experimentou em sua própria vida. É a edição mais forte edição de HeAd’s KoRner’. Confira abaixo :


Dando uma olhada no espelho.

Era o ano de 2000. Eu estava em um quarto de hotel com alguns membros da banda, alguns amigos e alguns dos membros da equipe do KoRn. Nós tinhamos uma ou duas 8-ball de cocaína (aproximadamente 3,5g cada), derramadas sobre algumas mesas. Todos estavam com caras ruins e as conversas tarde da noite movidas a cocaina estavam em pleno vigor - discussões dramáticas sobre as coisas negativas da vida, acabaram saindo do controle.

Na época, eu estava passando por um divórcio desagradável. Poucos meses antes, minha ex esposa havia levado seu namorado e alguns amigos para morar em nossa casa, e eu estava, obviamente, cheio de raiva , ódio , tristeza, amargura e vingança. Honestamente, eu queria que eles estivessem mortos. Tudo em mim desejava isso. Quer dizer, eu era uma " estrela do rock", quem eram eles para fazer isso comigo? O problema com tudo o que eu estava sentindo por dentro é que não faz parte da minha índole machucar alguém, eu nunca tinha sido uma pessoa muito violenta. Eu tive que beber e cheirar muito para ser corajoso o suficiente para sequer considerar tomar ações vingativas contra minha ex mulher e o cara que eu pensava estar arruinando a minha vida no momento .
Mas tinha outra coisa que me fazia exitar, bem... o medo. O namorado da minha ex esposa e seus amigos faziam parte de algum tipo de grupo de skinhead. Não é nenhum segredo que esses tipos de pessoas são muito bem conhecidos por sua violência, sem se importar com as consequências. Eu temia que se agisse pelo sentimento de vingança que estava sentindo, eu poderia estar colocando a mim, minha filha e alguns dos meus amigos mais próximos em grave perigo .

Mas cara... Eu tinha uma infinidade de emoções dentro de mim e eu não sabia como lidar com elas. Tudo o que eu poderia fazer para tentar lidar com todo o ódio e a dor que eu estava sentindo era o constante abuso de álcool e cocaína para me entorpecer, o que me levou até a conversa naquela noite, cheirando cocaína naquele quarto de hotel.

Um dos membros da equipe que estava no quarto do hotel comigo naquela noite havia se envolvido com gangues no passado e havia chegado a um ponto bem alto na cadeia de comando. Olhos estalados, chapado, perguntei-lhe : "O que é preciso para que minha ex esposa e o namorado se machuquem tipo, muito ... ou pior? "

Agora, talvez essa pergunta tenha sido inspirada por todo a cocaina no meu sistema, eu não sei. Mas naquele momento , eu posso honestamente dizer que eu desejava que eu tivesse contratado alguém para matar minha ex esposa e seu namorado. Em minha mente, minha ex mulher não valia nada e eu sentia que ela merecia algum grande castigo para o que ela fez para mim e nossa filha. Eu já havia os assassinado em meu coração.

Olhando para trás hoje, eu sou tão grato por aquilo que saiu da boca desse cara. Quando ele me olhou nos olhos com o olhar mais sério que já me foi dado, ele disse:

"Head, se você cruzar essa linha, você nunca mais poderá voltar . “

Eu conhecia o que esse cara tinha visto e enfrentado. Eu ouvi todas as suas histórias. Seu rosto parecia dizer tudo; Eu não era violento e eu precisava somente seguir meu próprio caminho e me concentrar em minha filha.

Eu sou tão grato que ele não tenha derramado gasolina no fogo do ódio que estava queimando em mim. E se ele fosse egoísta e tentasse arrancar uma bolada de grana de mim e me encorajasse a seguir adiante com aquilo? E se ele me encorajasse a assassinar como o caso do Tim Lambesis? E se, em meu mais baixo, mais fraco momento, com a mente toda perturbada por conta da cocaína, eu fosse levado a concordar em fazer um pagamento para darem um fim na minha esposa e no seu namorado? E se o pistoleiro terminasse sendo um cara que precisasse dar aos policiais algo grande para se livrar de um grande problema que ele estivesse envolvido?

Eu estaria em uma situação muito semelhante à do Tim Lambesis.

Eu não sou muito diferente do Tim. Eu não acho que algum de nós seja. Todos nós somos capazes de fazer más escolhas sob o peso de circunstâncias pesadas. Uns podem se encaixar de um jeito e outros podem se encaixar de outros jeitos. Umas pessoas conseguem lidar mais ou menos do que outras, mas TODO MUNDO tem um certo ponto de ruptura – especialmente se há outras substâncias envolvidas.

Quando eu soube da prisão do Tim Lambesis, eu fiquei realmente chateado porque eu instantaneamente tive um flashback de estar praticamente naquele mesmo lugar escuro com o meu divórcio. Eu tentei visitar o Tim logo em seguida, mas não consegui fazer isso. Eu obviamente me senti horrível sobre quanto a sua esposa deveria estar completamente chocada e assustada ao ouvir as notícias, mas o meu coração se compadeceu muito pelo Tim porque muitas pessoas imediatamente quiseram linchá-lo.

Não eu e minha equipe.

Nós acreditamos em segundas, terceiras, até mesmo cem chances, se for preciso. Digo, nós recebemos incontáveis chances, então por que não o Tim? Ele é um cara normal que caiu no mais escuro, mais confuso, lugar vazio. Ele precisava de irmãos, não inimigos.

Eu tinha um show no Texas cerca de um mês antes da prisão e me diverti com o Tim e os caras do “As I Lay Dying” por alguns minutos no ônibus deles. Eu não era muito íntimo deles, mas nossos caminhos tinham se cruzado na estrada por algumas vezes e nós todos tínhamos muitos amigos em comum. Como você pode ver, tudo isso era EXTREMAMENTE perto de casa para mim. Todos eles eram ótimos caras e eu não poderia ter imaginado nos meus mais loucos sonhos o que estaria esperando pelo Tim na próxima esquina.

Eu finalmente fui visitor o Tim há dois meses atrás na casa dos pais dele pois ele estava em prisão domiciliar. Eu e o meu amigo “Ryan Ries” do “The Whosoevers” levamos um pouco de comida mexicana para o Tim e sua namorada e apenas nos divertimos e conversamos. Tim estava tão humilde, cheio de remorso e lúcido sobre tudo. Ele e sua namorada realmente nos encorajaram, assim como fizemos com eles. Nós também escondemos uma pimenta bem picante no burrito do Tim como no filme “Debi & Lóide” para quebrar o gelo, e porque foi muito engraçado (risos).

Eu disse ao Tim que por mais estranho que possa ter soado, eu realmente estava animado a respeito do seu futuro. Eu tinha visto Deus criar belezas esmagadoras de uma pilha de cinzas tantas vezes, e eu estou ansioso para ver todo o bem que sairá dessa situação horrível.
Ver belezas renascerem das mais feias circunstâncias é um dos meus mais favoritos milagres para testemunhar. Elas provam que existe um Deus que sempre ama e nunca desiste dos humanos – não importa quão longe nós caímos.

Vamos todos tentar e doar vibrações positivas e orações para o Tim, Meggan e toda essa situação e assistir na medida que a beleza é formada de todas as cinzas.

HeAd

quarta-feira, maio 21, 2014

Top 10 Animal Rights Riffs

Top 10 Animal Rights Riffs

Peta2 - Architects - Sem medo de falar a verdade, sobre os direitos dos animais.



Architects Say, ‘Go Vegan’

Os garotos de Brighton, Inglaterra, Architects da banda de metal não têm medo de incomodar.
Eles precisam apenas de quatro palavras para transmitir uma mensagem de mudança de vida: "Liberte-se.Seja vegan" 

Emergindo da cena que gerou outros pesos pesados como ​​Bring Me The Horizon, Architects já percorreu o mundo, cativando em milhares de shows ao vivo encharcados de energia e emoção crua.
Architects  ganhou notoriedade em pouco tempo nos EUA e assinaram  com um grande selo de metal, Century Media Records. O lançamento do quinto álbum de estúdio da banda, Daybreaker, houve uma mudança surpreendente na composição em relação ao conteúdo lírico e mais  politicamente agressivo. Ele deveria sair sem nenhuma surpresa, então o grupo ( todos são Vegans), o vocalista Sam Carter, o guitarrista Tom Searle, o baixista Alex Dean, e o baterista Dan Searle - resolveram falar  contra a indústria construída sobre a escravidão, a exploração, que  coloca os lucros por cima da ética.

A indústria pecuária industrial é responsável pela produção em massa e abates  de dezenas de bilhões de animais para alimentar a cada ano. Considere  que 55 milhões de animais são abatidos para alimentar todos os dias nos states-o que significa 2 milhões por hora ou 38.000 por minuto. Animais inteligentes com a capacidade de sentir dor e medo  são tratados como meras mercadorias,  são embaralhados de uma jaula na fábrica em uma fazenda  para a linha de abate de um restaurante fast-food perto de você.


Os efeitos da agricultura industrial são de longo alcance, sem contar o tratamento que é dado para os   animais. Carnes e produção leiteira estão causando estragos no meio ambiente (e, g,, alterações climáticas, o uso de água e desmatamento). O Human Rights Watch nomeou trabalho matadouro entre os empregos nas fábricas mais perigosos da América. Os trabalhadores são muitas vezes explorados e mal pagos e não relatam lesões ou abuso, sob ameaça de rescisão.

Não apoie a indústria construída em torno da exploração dos  indefesos, que mente para as massas. Liberte-se. Seja um vegan. 




Sem desculpas e ambiciosos, a banda tem um futuro que parece cheio de promessas para eles atuarem.

Depois de estrelar em um dos anúncios mais provocativos do peta2/ 2012 --- “Liberte-se —Seja Vegan” "- Architects retorna com uma nova mensagem sobre libertar-se das indústrias de carne e laticínio.

Durante a gravação de seu quinto álbum de estúdio Daybreaker, o quarteto encontrou inspiração no premiado documentário ood, Inc. and Forks Over Knives para mudar suas dietas, salvar a sua saúde, e salvar centenas de animais no processo.

Os benefícios para a saúde de uma dieta livre de carne são inegáveis. Câncer, doenças do coração, diabetes, acidentes vasculares cerebrais e obesidade estão associados com a ingestão de carne, e risco desses problemas de saúde podem ser reduzidos ou praticamente eliminados pelo tirar a carne e produtos lácteos de sua dieta. O baterista Dan Searle disse no peta2, "Faça sua dieta permanente saudável e ótima para você, e seja saudável por toda a sua vida."

Há tantas alternativas surpreendentes que são tão deliciosas, completamente livres de crueldade e de sofrimento.



The members of peta2's favorite metal band, Architects, have a lot to say about being vegan. Try to keep up! http://bit.ly/1e6eFhi

Subscribe to peta2tv: http://bit.ly/YkpAgo
Watch these animal-friendly movies: http://bit.ly/13h44yR
Learn how to go vegan: http://bit.ly/16f4S7H
One Minute of Reality: http://bit.ly/14utYuy


Fonte : http://www.peta2.com/heroes/architects-band-say-go-vegan/

segunda-feira, maio 19, 2014

As I Lay Dying : Tim Lambesis quebra seu longo silencio em entrevista exclusiva mundial Part 6



by Ryan J. Downey

SIN---KILLER add ... Essa é apenas a última parte da entrevista - se eu me animar, vou postando assim, que possível -------------- boa leitura 


Falando de futuro, você fazendo música...

Isso é motivo de debate, se a Metal Blade Records seria ou não, dona de qualquer coisa que eu faço. E [lançar música sob] o nome As I Lay Dying claramente não é apropriado neste momento; e pode nunca ser. Agora não é o tempo certo para avaliar isso. Eu não estou necessariamente escrevendo um disco solo, porque a Metal Blade poderia amarrar isso. Eu realmente não estou escrevendo um disco do As I Lay Dying. Na verdade, isso é apenas música para os meus amigos, minha família e eu. E provavelmente isso poderá ver a luz do dia, mas eu não estou escrevendo com quaisquer grandes expectativas.

A Metal Blade poderia ter se importado menos com qualquer coisa que eu fiz [depois da minha prisão]. Mas, então, o disco do Austrian Death Machine saiu e vendeu mais do que qualquer outro registro do ADM anterior. Então o presidente da Metal Blade chamou a Artery Recordings , ficando assim, "Oh, a propósito, eu só quero lembrá-lo que era um negócio pontual, conceder que o Tim faça esse registro com você." Estou fazendo música como terapia através deste momento difícil. Se isso virar um grande impasse sobre marketing e gravadoras, eu prefiro que essas músicas nunca vejam a luz do dia.

Que tipo de coisas você está escrevendo?
Eu sou um vocalista limitado. Eu berro. Eu grito. Há, tipo, quatro coisas que posso fazer [Risos.]. Eu escrevo música que vai se encaixar com a minha voz, para que a música tende a ser agressiva, que tende a ser de metal. E assim, não importa o que eu escrevo, sempre acaba soando como As I Lay Dying.

As pessoas não percebem o quanto de música você escreveu .
No começo do As I Lay Dying , eu era o único compositor. Nos três primeiros lançamentos, não havia grandes contribuições de composição dos caras que iam e vinham na banda. Havia alguns grandes riffs , mas no lado instrumental , eu era o que fazia a maior parte da escrita, então eu estava escrevendo todas as letras . Quando Phil entrou na banda , ele começou a ajudar . E , em seguida, Nick começou a adicionar riffs aqui e ali. O registro mais recente foi realmente escrito em sua maioria por Josh , por incrível que pareça . Ele escreveu mais da metade. Então ele mudou ao longo do tempo . Mas minhas composições originalmente molda o som. Eu não estou me dando tapinhas nas costas : Eu vou ser o primeiro a admitir que o quem moldou o som do As I Lay Dying foram In Flames e Living Sacrifice . Eu estava bem escrevendo com os outros caras , mas tinha que vir através de mim , para aprovação , porque eu tinha que ser capaz de me imaginar cantando sobre isso. Meu alcance vocal limitava o que seria aprovado. Um monte de músicas acabaram rejeitadas. Eu imagino que bastante dessas músicas vão aparecer na nova banda deles, o que explica porque a primeira coisa que eles lançaram promocional foi uma As I Lay Dying B -side .

Você já pensou sobre o fato de que Meggan provavelmente vai ler esta entrevista?
Pois . Quando nos separamos, Meggan e seus pais se reuniram com os meus pais. Seus pais vêm de um fundo religioso, como os meus. Nessa reunião, eles disseram que esperam que algo traumático aconteça comigo, pra me derrubar, me bater, por assim dizer, restaurar-me de volta para a pessoa, uma vez que eu era. Um monte de pessoas rezam por coisas, ou esperam por coisas, que dão medo, quando elas viram acontecer.

Há o ditado, "Deus responde a todas as orações, mas às vezes a resposta é não." Mas há também, "Cuidado com o que você deseja, pois você só pode obtê-lo."
Eu caí de cara no chão. Eu bati no fundo do poço. Eu perdi tudo. O trauma, a solidão: Me fez a pessoa que eu acho que eles esperavam que eu viria a ser. Eu sei que tenho um longo caminho à frente de mim. Eu sei que fazer as pazes será um processo difícil. Mas se eles estão abertos para isso, esta história de tragédia se transformando em redenção, é uma história que é tão grande em suas mãos neste momento, sendo que é minha. Eles queriam me ver passar o que fosse preciso para me tornar um bom pai. Agora eu posso, e eu não estou autorizado a ser pai.

Você não pode culpá-los ou sua família por querer você bem longe.
Eu sou a pessoa que causou toda a dor. Se há algo que eu possa fazer para ajudar o processo de cura, eu quero fazer isso. Eles merecem o meu melhor esforço absoluto para fazer as pazes.


Como você está se preparando para a prisão?
Eu sei como é se preparar para uma longa turnê. O problema é que isso não é uma longa turnê. Está em algum lugar entre seis meses e três anos. Se eu soubesse que eu estava me preparando para seis meses, eu ia a pé para isso, assim como: "Eu tenho muita esperança na minha frente." Carreira profissional, tanto quanto um pai, eu não quero nunca depender de entrar em um van ou um ônibus para ganhar a vida. Eu preciso ter um plano de backup. É difícil de preparar, sem saber quanto tempo vou estar lá dentro.

Posso dizer que se eu servir três dias ou três anos, as lições serão aprendidas. Agora é apenas satisfazer o público, minha ex-mulher e sua família com uma certa quantidade de punição. Isso não vai fazer ninguém se sentir melhor, mas todos nós vivemos na ilusão de que punir as pessoas nos faz sentir melhor. Isso é para o juiz decidir, você sabe, que punição vai fazer sociedade sentir que eu fui punido.

Você já falou com alguém que tenha cumprido pena?
Sim. Eu conversei com um amigo que tinha pegado cinco anos e um outro amigo que tem pego 10. Eu não posso nem imaginar pegando 10 anos. Eu poderia suportar, mas não seria fácil. Mas esse cara lidou com isso muito bem. Admiro como ele saiu da coisa toda. Ele me disse que o primeiro ano é o mais difícil. Depois disso, você se acostumar com isso. Ele era tão despreocupado.

Ronnie Radke me disse que ele era vegetariano na prisão e a primeira coisa que fez quando saiu era foi ir buscar um hambúrguer. Ele estava tão animado por poder entrar em uma loja de conveniência e dizer: "Eu quero esse," por ter a liberdade de escolha de novo.
Ele foi vegetariano na cadeia? Que interessante. Se eu soubesse que eu estava fazendo seis meses, provavelmente faria planos para lançar esta música que vinha fazendo alguma forma. Mas, três anos? Provavelmente será super-irrelevante. Eu não contaria com qualquer renda a partir dela, entendeu?

Tupac fez um monte de músicas com o Death Row, enquanto ele estava na prisão. As pessoas sempre se pergunta, quanta coisa guardada, saindo. Ele só começou a trabalhar.
Eu desejo que Metal Blade me deixe livre do contrato. Como, não é brincadeira, eu quero fazer mais registros que são totalmente baseados em caridade. Eu quero tirar qualquer tipo de motivo impuro. Mas no modelo do selo tradicional, se eu não entregar um registro que faça uma certa quantidade de dinheiro, eles podem empatar o jogo até que eu dar-lhes algo que eles gostem.

Quão difícil foi essa coisa toda para sua namorada, Amanda?

As pessoas têm me agarrado por eu ter mostrado um nível de caráter. Elas demonstraram que me ama não importa o que o mundo pensa. Para Amanda ter me agarrado através de tudo isso mostra um monte de coisas. Ele mostra a sua força como uma pessoa pode ser capaz de suportar tudo isso. Ela não teria garra por mim, se eu não tivesse arrependimento profundo, profundo remorso. Ela pode sentir que eu estava vindo a lidar com coisas durante algumas de nossas primeiras conversas no telefone de prisão. Ela ainda estava cética quando eu saí. Mas ela cresceu a me amar mais, e não menos, ao longo de todo esse tempo eu estive em prisão domiciliar.

É claro que ela não estava com você pelo o dinheiro ou a popularidade.
Certeza, que eu nunca vou ter que pensar sobre isso. Eu posso ver em seu amor por mim que esses acontecimentos mudaram o meu carater para melhor. Eu devo estar aprendendo alguma coisa.

Se você ficar ausente por três anos, isso é muito tempo para qualquer relacionamento.
Eu definitivamente white-fanged ela. Isso é a parte aonde ela tenta espantar o cão pra longe, certo? White Fang? Eu fiquei tipo, “Não espere três anos”. Você pode ter uma vida melhor. “Mas eu não conseguia afastá-la quando eu tentava”. Ela viu que a pessoa que ela amava estava voltando e voltando mais forte do que nunca. Ela comprometeu-se a lutar por mim por isso. Eu pensei que iria desaparecer com o tempo, mas o seu compromisso só ficou mais forte.

O que você vai fazer na sexta-feira?
Eu não sei. Eu sei que a maioria de minha sentença será onde há uns 30 caras em beliches, um tipo uma coisa de sala aberta . É mais de um ambiente de alojamento temporário; não onde eu vou estar no início, mas eventualmente. É um lugar onde todos os caras têm alguma esperança de sair. Eu acho que é mais eficiente em termos de custo para colocar todos em um quarto grande.

Um bando de caras fedendo em um espaço confinado. Isso é mais ou menos como turnês.

Você sabe, quando você perguntou sobre os caras da banda ... Pensando bem, se eles tivessem estendidos as mãos , um pouco mais de apoio, eu provavelmente teria pulado fora dessa mentalidade e fazer o As I Lay Dying com eles outra vez. Eu teria voltado aos velhos hábitos. A maneira como eles se distanciaram de mim foi uma bênção disfarçada. Eu perdi tudo. Não só a minha família, o meu dinheiro, mas os caras que eu passei quase uma década com. Eu não quero parecer ser amargo em relação a eles. Eu estou agradecido pela forma como isso desdobrou. Eu não quero uma briga. Eu não acho que eles são uns idiotas porque não vieram me visitar. Eles tinham suas razões para manter-se longe de mim. Um dia eles vão se explicar, eu tenho certeza. Uma ligação ou um e-mail teria resolvido a minha curiosidade. Ou se eles ouvissem meu lado em tudo, talvez isso fosse fazê-los me odiarem ainda mais. Só foi estranho eles não expressarem nada em relação a mim, nem ódio, nem raiva, nada. Fez me sentir como se não houvesse uma solução...

Certamente esse cara, Brett era uma figura interessante.
Eu descobri depois o caso que ele estava todo atrapalhado, um dia, antes da minha prisão. Ele estava desabafando a um dos outros treinadores sobre todas as coisas loucas acontecendo em sua vida. E ele é tipo assim, "Eu não vou voltar." Era assim, meu camarada , "O que você quer dizer?" Descobriu-se que Brett tinha definitivamente cumprido algum tempo em algum lugar, em algum momento. O outro treinador achou que era muito estranho. "Por que Brett delirava em não voltar?" Não fazia sentido para ele até depois da minha prisão e todos os detalhes que saíram.

Mesmo quando ele entrou na sala de audiências, todos lá, vendo suas interações e a maneira como ele contava a história sobre o suporte, ele é definitivamente um cara estranho. Ele tinha uma linguagem de corpo esquisita. Ele tinha esses sorrisos aleatórios de vez em quando. Esse cara veio até mim e apresentou essa idéia para mim, ele era uma das poucas pessoas que estavam cientes da [minha situação]. Quero dizer, se você conhece alguém que é um alcoólatra, você não oferece uma cerveja.

Ele sabia que eu estava em um lugar muito escuro, pessoalmente, e que eu estava me sentindo desesperado. Não foi aleatório. "Ei, sua vida parece estar indo muito bem, mas em todo caso, eu conheço alguém que pode tirar a sua esposa por você." Ninguém faz isso. [Risos.] Eu não conseguia identificar pessoalmente essas emoções no momento. Mas quando a idéia foi apresentada, de repente, esses sentimentos desesperados veio à tona. Eu apenas não concordei com ele. Eu legitimamente senti como: " O que você sabe? Não há outro caminho! Este é o meu melhor e a única opção! “Isso é quando eu realmente sinto que eu estou contando uma história sobre alguém”. Eu nunca teria chegado a essa conclusão antes. Eu certamente não iria chegar a essa conclusão apresentada agora.


Esta entrevista pode ser sua última chance de se comunicar com a família Murphy.
É tão difícil de processar. Eu gostaria de dizer a eles que eu tenho uma quantidade extrema de remorso. Sei que qualquer pedido de desculpas que eu faça não vai ajudar nem um pouco diminuir, se fosse possível. Eu não sei qual é esta palavra exatamente. Eu não quero apenas dizer: "Oh, eu me sinto muito mal."

Como isso é pouco, eu se ofereci doar minha vida inteira de poupança da minha carreira de 13 anos na música. No único encontro que tive com eles, a única chance que eu tinha para falar com um dos membros da família, eu ofereci cada centavo para eles. Eu sei que isso não é suficiente. Isso nunca poderia ser. Mas foi um gesto para dizer: "Se todo esse capítulo da minha vida foi um desperdício, se eu tiver que dar tudo para tentar desfazer o dano que eu causei, eu o farei."

Eu sei que o dinheiro não faz as coisas melhor. Eu poderia realmente ir até ela e pedir o apoio do cônjuge. Estou desempregado. Sua família é rica. Eu poderia lutar através dos tribunais de direito de família e ver o quanto eu posso manter. Eles podem continuar a brigar comigo por meio de ações civis. Mas eu não quero lutar. Eu quero superar após a coisa toda. Eu poderia tentar lutar com os mais pequenos detalhes no tribunal. Eu não quero. Quero revelar onde meu coração está agora.

Estou tentando o meu melhor para colocar o meu pé direito para a frente. Eu sei que é apenas uma pequena coisa em grande escala do que eu preciso, a dor eu preciso anular. Há tanta coisa que eu posso fazer, eu acho. Eu realmente acho que a cura é possível. Eu pensei quase um ano mais tarde, após os eventos, haveria alguma cura acontecendo, alguma comunicação entre as famílias. Quando eu dei um passo para trás e percebi que a primeira vez que me ofereci para tentar facilitar as coisas não resultou em: "Ah, tudo bem, vamos todos se abraçar ," Eu estava ingenuamente esperando por algo e me sentia desanimado quando isso não acontecia . Mas eles estão vivendo ai fora a vidas normal. Aqui estou eu na minha bolha.

Você não pode negar que você se colocou ai
Eu mereço muito mais do que o que eu vou chegar [na sentença ] . Eu sou grato , mesmo se eu ficar mais tempo do que o mínimo , eu sou grato . Eu não estou inventando desculpas. Na maioria das sociedades ao longo da história humana atual , eu poderia ter ficado muito pior. Eu sou grato . A mudança que precisa acontecer dentro de mim, quer seja cumprir seis dias ou seis anos já começou. Eu não acho que isso faz o nosso governo nada melhor gastando um monte de dinheiro me trancando por um longo período de tempo. O que quer que os argumentos que apresentamos no tribunal para tentar diminuir a minha sentença não estão relacionados com o remorso que sinto e a gratidão que está em meu coração. Eu sempre me sinto como se eu merecesse mais. Mas, honestamente, a verdadeira sentença começou bem antes da minha prisão. A punição real estava sendo perder meus filhos e, eventualmente , perdê-los para sempre foi o que eu fiz. Perdendo eles em um nível emocional muito antes de minha sentença, foi minha culpa.

Essa é a sentença que vai ter o momento mais difícil suportar. Eu penso sobre o meu filho , especialmente . Se eu fosse fazer uma lista dos meus 10 melhores lembranças da minha vida, pelo menos sete dos, incluem Biruk . Talvez eu nunca mais vou ver ele. Não importa quanto tempo eu estou na prisão, essa será a sentença mais difícil que terei de viver com , de longe.
Parece que você está pronto para ir para dentro
Emocionalmente, eu estou preparado para o tempo de prisão. Mas quando minha sentença física acabar, quanto tempo vai me restar pra eu seguir? As pessoas que me amam me diz que vou superar esses sentimentos. Eu ainda posso ter uma vida boa. Mas a pena emocional nunca terá fim. Pelo menos eu sinto que nunca vai acabar. A minha namorada, meus pais, eles já disseram isso mil vezes. Dizem que vai passar. Talvez precise ouvir isso 100.000 vezes antes para eu acreditar.

Post Scriptum: Em um memorando de defesa para o juiz que se tornou público após a condenação, os advogados de Thomas Warwick e Karen Oakman solicitava que fosse dada liberdade condicional para o Tim. O memorando também revelou os termos finais do caso em tribunal de família. Tim concordou com os pedidos do Meggan, que incluíram a perda de seus filhos, de forma permanente, concordando com uma ordem de restrição de 10 anos, dando-lhe plena posse de sua apólice de seguro de vida, assumindo total responsabilidade por quaisquer obrigações tributárias, repassando todo o dinheiro que foi apreendido em sua casa e entregando o quase 250 mil dólares restantes em contas de confiança. Os pais de Tim, Nick e Vicki, também deram sob pedido de Meggan, que eles desse todos os direitos como avós.

A equipe editorial da AP recomenda esta leitura adicional:

STEROID SIDE EFFECTS
“THE EVIL EX”
SUPPORT FOR DIVORCED MOMS
DEPRESSION/SUICIDE/SELF-INJURY
WILLIAM LANE CRAIG VS. CHRISTOPHER HITCHENS

http://www.altpress.com/features/entry/tim_lambesis_world_exclusive_interview_as_i_lay_dying_singer_breaks_silence/P5

domingo, maio 18, 2014

Peta2 - Sing Along com a banda I the Mighty!


Que sorte nós  temos de sair com as melhores bandas por ai,  e também enviar uma mensagem de amor pelos animais! Veja o  I the Mighty de San Francisco, por exemplo. Esses caras criam músicas brilhantes, corajosas, e memoráveis, e nós temos uma performance acústica exclusiva de "Some Say It’s Your Loss" que foi filmado exclusivamente para você aqui no peta2 HQ!


Watch I the Mighty play an acoustic version of "Some Say It's Your Loss" for peta2. They also chat about why they have so much love for animals! http://peta2.me/2gymb

Subscribe to peta2!: http://peta2.me/2cuol
See more with I the Mighty!: http://peta2.me/2gymb
Text ADOPT to 73822 to find out more about how adopting saves lives
Pledge to end animal homelessness: http://peta2.me/2gycf
Check out more compassionate celebs: http://peta2.me/2gymc


Confira, e se ligue no que o  vocalista Brent Walsh tem a dizer sobre os animais:

Se você está pensando em trazer um novo companheiro animal para sua casa, é super-importante que a adoção seja de um abrigo animal local. Porque de 6 a 8 milhões de cães e gatos entram nos abrigos de animais a cada ano. Infelizmente, a metade deles devem ser sacrificados por causa da  falta de lares amorosos. Nunca compre de uma loja de animais ou criadores, porque se você fizer isso, os animais em abrigos perdem sua chance de encontrar um lar amoroso

rescued dog and cat collage adopt don't buy



Fonte - http://www.peta2.com/heroes/i-the-mighty-acoustic-performance-contest/

sexta-feira, maio 09, 2014

Stryper : Michael Sweet fala qual foi a inspiração para I’m Not Your Suicide.

[...


GUITAR WORLD: O seu novo álbum solo, I’m Not Your Suicide, mostra um lado diferente de Michael Sweet. Foi essa a sua intenção?

Eu sempre amei escrever, gravar e produzir música e ter a chance de experimentar coisas novas. Eu fiz isso um pouco mais  nesse álbum. A verdade é que eu amo todos os tipos de música. Se você fosse  olhar para a minha coleção de CD e mp3, você veria que eu amo rock clássico, metal, country e pop. Se for uma boa música que está bem escrita e gravada, eu estou lá.

GUITAR WORLD: Qual foi a inspiração por trás da canção "I’m Not Your Suicide"? Eu estava entristecido por ler histórias sobre as pessoas, especialmente as crianças, que estavam tirando  suas próprias vidas porque elas tinham  sofrido Bullying ou abuso. E isso realmente parte meu coração. Quando garoto, sofri Bullying  e tinha  que ir para a escola todos dias com esse medo. Eu queria escrever um hino que inspirasse as pessoas a superar isso. Para que eles saibam suas vidas são valiosas. Me juntei com a Childhelp e fizemos um vídeo para a música que está sendo mostrado em varias escolas. Eu espero que ela ajude as pessoas que são maltratadas a serem forte e façam alguma coisa sobre isso. Porque há algo que pode ser feito.                                                                    ...]


Fonte : Entrevista - completa no link abaixo em inglês.

http://www.guitarworld.com/honestly-stryper-guitarist-michael-sweet-talks-new-autobiography-and-solo-album-im-not-your-suicide

quinta-feira, maio 08, 2014

#behope : 11 Versiculos da Bíblia que todo cristão deve ler/saber



by Whitney Calk - http://www.peta2.com/

A mensagem de Jesus era de amor e compaixão, mas não há nada de amoroso ou compassivo sobre fazendas industriais, onde bilhões de animais vivem vidas miseráveis ​​e em matadouros, são mortes violentas e sangrentas.

Deus é amor, então não é nenhuma surpresa que comer animais não é a Sua preferência. Aqui estão 11 versículos bíblicos que comprovam que:

(1) a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todo ser vivente que se arrasta sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento. E assim foi. Gênesis 1:30

(2) Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar.Daniel 1:8
 Então disse Daniel ao despenseiro a quem o chefe dos eunucos havia posto sobre Daniel, Hananias, Misael e Azarias: Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber.Daniel 1:11-12
E, ao fim dos dez dias, apareceram os seus semblantes melhores, e eles estavam mais gordos do que todos os jovens que comiam das iguarias reais.
Daniel 1:15

(3) O lobo e o cordeiro juntos se apascentarão, o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor.Isaías 65:25

(4) Mas, pergunta agora às alimárias, e elas te ensinarão; e às aves do céu, e elas te farão saber; Jó 12:7

(5) O justo olha pela vida dos seus animais; porém as entranhas dos ímpios são cruéis.Provérbios 12:10

(6) que dá aos animais o seu alimento, e aos filhos dos corvos quando clamam.
Salmos 147:9


(7) Naquele dia farei por eles aliança com as feras do campo, e com as aves do céu, e com os répteis da terra; e da terra tirarei o arco, e a espada, e a guerra, e os farei deitar em segurança. Oséias 2:18

(8) 
Até quando lamentará a terra, e se secará a erva de todo o campo? Por causa da maldade dos que nela habitam, perecem os animais e as aves; porquanto disseram: Ele não verá o nosso fim.Jeremias 12:4

(9) Não se vendem cinco passarinhos por dois asses? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. Lucas 12:6

(10) tua justiça é como os montes de Deus, os teus juízos são como o abismo profundo. Tu, Senhor, preservas os homens e os animais. Salmos 36:6

11 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.Mateus 5:7


Jesus pediu  misericórdia,  bondade, compaixão e amor por toda a criação de Deus. Faça isso ser real.  ele estaria doente  pelo o grau de sofrimento que os seres humanos provoca aos animais


Os cristãos têm uma escolha. Quando nos sentamos para comer, podemos aumentar o nível de violência, miséria e morte no mundo ou podemos respeitar a criação de Deus sendo vegan indo. 

Leia mais: http://www.peta2.com/blog/go-vegan-bible-verses/ # ixzz31ANBQMyD

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog