[SIN] KILLER: Abril 2008

domingo, abril 27, 2008

Rob Rock, vocalista principal do Fires Of Babylon


Fires of Babylon é um projeto de heavy metal clássico dos anos 80, que gravou seu debut recentimente pela a Metal Heaven. No Line Up, Lou St. Paul (Winters Bane), Rob Rock (ex-IMPELITTERRI), Kelly Conlon (ex-Death/Monstrosity/ e Robert Falzano (Shatter Messiah/Annihilator). O material já pode ser conferido no myspace, e os fãs de metal cristão não precisa se preocupar, que as letras do Fires Of Babylon, tambem aborda temas bíblicos. Como sabemos o que esperar, quando se trata de Rob Rock no comando, os metalheads vão apreciar tudo isso aqui.
As letras pode não falar do mesmo assunto que Holy Hell, mas a capa desse cd, parece que foi feita pelo o mesmo artista.
http://www.myspace.com/firesofbabylon

segunda-feira, abril 21, 2008

Entrevista - Christine Steel fala de sua banda - Arsenal

Classics christian metal
"A cena do metal cristão oitentista teve a sua cota de vocalistas femininas, com o Barnabas (Nancy Jo Mann), Ransom (Lisa Faxson) e Scarlet Red (Danis) como seus nomes de destaque. Uma banda que merece a mesma consideração é o Arsenal, de Clearwater, Florida. Com as magnificas habilidades vocais de Christine Steel, o Arsenal gravou uma demo com três faixas antes de contribuir com duas faixas na coletânea East Coast Metal em 1988. Armored Choir, o debut dessa banda de hard rock melódico, saiu dois anos depois pela Regency. Recentemente, o site Angelic Warlord teve o privilégio de conduzir uma entrevista detalhada com Christine, que explica tudo sobre seu passado musical, a história do Arsenal, e muito mais " Trad - Heder Osny



Sin Killer - Para os apreciadores sérios e velhos fãs do metal cristão, devem lembrar daquela bela canção 'Forever Yours' [Não é mesma do Impelliterri], impossível de esquecer.
Para conferir a entrevista basta ir até o site - http://www.angelicwarlord.com/interviews/arsenal08.html. Um dos sites mais bacana dedicado ao metal cristão, aquele, dos 'velhos tempos' e melhores para alguns... [do qual compartilho da mesma opnião]

domingo, abril 20, 2008

Eluveitie detona no Paganfest 2008


É, eu sei, o Sin Killer, está em débito com seus 'amados' leitores, e quero pedir aqui um sincero 'I'm sorry'...


Como o Eluveitie tem muitos fãs cristãos, decidi postar uma resenha do seu último show [abril / 2008], no Paganfest UK 2008, traduzido do site metal rules, um dos meus favoritos. Eu 'acho' que o segundo álbum deles, Slania, vai ser lançado no Brasil [Quem puder confitmar isso, por favor, avise-nos]
A seguir, o Review, mas para conferir a matéria completa, você vai ter que acessar o site do Metal Rules. Não esquecendo, que nesta edição, tocaram Týr, Moonsorrow,Korpiklaani , ou seja, os headliners, no quesisto, pagan/celtic estilo.






By Norman
Pura genialidade. Valeria a pena pagar por esse show. Em termos musicais, a banda suíça faz um death melódico (bem no estilo do In Flames e Dark Tranquility, na parte das guitarras), e adiciona instrumentos folk e uma forte influência celta. Eles definem o som como "New Wave of Folk Metal". Enquanto eles preparavam o palco, eu fiquei estarrecido com o que vi. As fotos falam por si próprias: Instrumentos extravagantes e misteriosos que eu nunca havia nem ouvido falar a respeito, muito menos visto! Gaitas, apitos, flautas, hurdy-gurdy. Quando o tatuado Sevan Kirdar apareceu carragando um bicho morto(que na verdade, era uma gaita galega), eu pensei que já tinha visto de tudo. A banda(oito membros) se divertiu muito no palco, e sua energia imediatamente irresistível contagiou a platéia de uma vez. Suas músicas eram muito legais para mover o corpo, e mesmo um cara "com dois pés esquerdos" como eu, sentia os pés querendo se agitar. Sevan era o mais ativo na banda, depois de largar o bicho morto, com várias cambalhotas e travessuras enquanto dançava. O que dizer? Eu realmente me senti em uma cena de vilarejo em filmes. O violino cantava suas melodias alegres, enquanto a seu lado o hurdy-gurdy mandava bala(seja lá o que for que isso signifique para um hurdy-gurdy) nas mãs competentes da igualmente bela Anna Murphy. O multi-instrumentista Chrigel rosnava, urrava, berrava e cantava com seus dreadlocks, e tocava apitos, gaitas e a mandola. Os dois guitarristas, Siméon e Ivo eram mais reservados, mas eles foram empurrados para o meio da atividade pelo entusiasmado baixista Rafi e o sempre irrepreensível Sevan, que deve ter se enroscado todo com tantos pulos e cambalhotas. Sem dúvida, uma banda para ser conferida. Seu novo álbum, SLANIA, já saiu pela Nuclear Blast. O Paganfest segue para os EUA e o Canadá, depois da parte européia, e o seu dinheiro será bem aproveitado se você ver apenas esta banda. Esse bando bagunceiro de menestréis modernos, essa trupe de encrenqueiros trovadores. Eles vão te fazer ganhar o dia, eu garanto!




txt traduzido por: Heder Osny [Crow of Pain]


Fonte/Site - Metal Rules

News

Instagram

Postagens populares

Pesquisar este blog